Denatran quer mudar regras na CNH e permitir cursos a distância para motoristas
Classifique este post:

Denatran quer mudar regras na CNH e permitir cursos a distância para motoristas

Em recente entrevista, o novo presidente do Denatram, Jerry Dias, alertou algumas metas da nova gestão e explicou o que pode mudar na CNH, na placa do padrão Mercosul e nas metas para redução de mortes no trânsito. Confira!

Denatran, órgão que coordena os Detrans de todo o país e faz parte do Ministério da Infraestrutura, está sob novo comando e, estuda propostas para alterar os limites de pontuação por multas na CNH e o prazo de renovação do documento.

Porém, essas medidas só serão adotadas caso não reflita riscos à segurança no trânsito, garantiu Jerry Dias, presidente do Denatran desde o início do ano.

“Não existe nenhuma posição do Denatran sobre isso, mas certamente o assunto vai ser estudado com o cuidado devido. Precisamos discutir a efetividade de algumas autuações e pontuações em relação à segurança no trânsito”, afirma. Ele explica que o principal estudo hoje em dia é de manter o limite em 20 pontos, porém determinar que certas infrações administrativas não devem somar pontos na CNH. “Essa análise vale tanto para discutir se o sistema de pontuação hoje tem infrações que não precisaria pontuar, quanto para o outro, de uma possível elevação da pontuação”, diz Dias.

Os técnicos do órgão também querem entender se é possível ampliar o prazo de renovação do documento sem tornar o trânsito mais perigoso. O objetivo é deixar as regras de trânsito mais “simples e desburocratizadas”.

Apesar de não existir um prazo para que qualquer dessas medidas tenha uma definição, o presidente do Denatran afirma que uma das prioridades será permitir que alguns cursos possam ser feitos online. Como por exemplo, cursos de reciclagem exigidos, quando o motorista tem o direito de dirigir suspenso. Mas, o curso inicial de formação de condutores continuará sendo sempre presencial.

 Entretanto, quando o assunto é a segurança no trânsito, ainda não há um consenso sobre metas de redução de mortes.

 

 

BAIXAR APP E CONCORRER